VOCALISTA DAN McCAFFERTY DEIXA O NAZARETH

Publicado: 29 de agosto de 2013 em Classic Rock, Notícias
Tags:,

O vocalista do Nazareth, Dan McCafferty anunciou sua decisão de deixar a banda devido à suas atuais condições de saúde, fato que forçou o cancelamento de algumas datas da atual tour da banda, como foi noticiado aqui antes.

O veterano vocalista sofreu um colapso no palco numa apresentação na Suiça nesse final de semana passado, surgindo rumores de que Dan teria tido um derrame, e no mês anterior chegou a desmaiar em pleno palco no Canadá. Esses acontecimentos levaram a banda a cancelar suas futuras apresentações já marcadas.

Dan disse que não sofreu nehum derrame, mas admite que por estar com um problema pulmonar, terá que encerrar sua carreira de 45 anos como vocalista.

McCafferty contou à revista Classic Rock: “Eu não sofri um derrame. Isso não é verdade – graças à Deus. E também não estou hospitalizado na Suiça como divulgaram. Eu não sei de onde vieram essas informações.

“Eu tenho uma doença crônica que obstrui meus pulmões e a cada ano isso se torna pior. É algo que você não sabe quando vai te atacar, mas de repente você fica sem poder respirar.

“Eu estava no palco do Summerfest na Suiça pensando, ‘Isso é ótimo – nosso primeiro festival em meses e está fazendo um dia adorável.’ As coisas não poderiam estar mais perfeitas para nós.”

Três músicas depois ele sofreu o ataque da doença, deixando-o sem respirar e impossibilitado de continuar com a apresentação. Esse fato o fez pensar imediatamente em deixar a banda e encerrar sua carreira.

“Quando saí do palco eu disse aos rapazes: “Não posso continuar fazendo isso à banda.’ Não posso embaraçar os rapazes e nossos fãs. Se você não pode realizar o trabalho então nem deveria estar lá – O Nazareth é uma banda muito grande e conhecida para passar por isso.”

A decisão de McCafferty surgiu durante a pausa que a banda deu após seu colapso no Canadá, que foi causado por uma úlcera no estômago. “Eu pensei que iria ficar bem,” ele diz, “Mas você perde muito sangue quando isso acontece.”

Ele admite que ele e os companheiros de banda estão “um pouquinho emocionais” e ainda não decidiram nada oficialmente, o que será divulgado depois, mas Dan diz: “A música que fizemos através de todos esses anos é mais importante do que qualquer membro da banda. Sempre nos sentimos assim em relação à isso, e eu não vejo razão em mudar isso só porque eu saí.

“Eu realmente espero que eles encontrem alguém. Tenho certeza de que irão encontrar.”

Nazareth recentemente concluiu as gravações de seu 24º álbum, ainda sem título. “Ir ao estúdio e cantar não é como num show,” diz McCafferty. “Sempre posso gravar um disco, mas subir num palco e se apresentar durante uma hora e meia, com pessoas pagando para me ver cantar – Não posso fazer isso.”

Ele diz que vai dar um tempo e repensar seu futuro, mas que um álbum solo pode ser uma possibilidade. E sobre a chance dele fazer uma apresentação de despedida com a banda, ele brinca: “Teria que ser assim, ‘Eu canto por dez minutos, todos vão tomar uma cerveja, daí eu canto por mais dez minutos.’ Eu não sei se isso iria funcionar!”

McCafferty conclui: “Quero que todos saibam o quanto sou agradecido pelo todo o apoio que  nos deram durante todos esses anos.”

O Nazareth foi formado em Fife, Escócia em 1968, e McCafferty e o baixista PLockete Agnew são os únicos membros a participarem de todas as formações até agora. Outros membros que passaram pelo grupo foram Manny Charlton, John Loke, Zal Cleminson e o apresentador do TeamRock Radio Blues Magazine,  Billy Rankin. A última formação da banda com McCafferty está junta desde 2002, com o guitarrista Jimmy Murrison e o filho de Agnew, Lee, na bateria.

Imagem

Anúncios
comentários
  1. Leandro Gonçalves Fleury Curado disse:

    Silencia-se um dos maiores vocalistas de Rock de todos os tempos. Um monstro sagrado do velho e excelente Rock n’ Roll !!!

  2. jocelito dalla rosa disse:

    maior vocalista de rock de todos os tempos, pena que chegou o fim.

  3. Jussara Soares disse:

    estou muito triste pela doença de dan, mas estou torcendo muito pela sua recuperação, eu amo muito ele, adoro a banda toda assisti de pertinho quando estiveram aqui na minha cidade, curitiba. foi maravilhoso, fiquei super emocionada. mas tenho certeza que ainda vou ve-los aqui novamente para o delirio dos fãs. que deus os abençõe, e que dan se recupere um abraço

  4. Paulo Henique disse:

    Moonlight eyes, Love hurts, Dreamon. Aquela voz é inconfundível. É realmente o timbre mais bonito e metálico que já ouvi. É de Deus. Marcou muito minha juventude na década de 90. Parabéns Dan.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s