Arquivo da categoria ‘Classic Rock’

O guitarrista do Black Sabbath, Tony Iommi, foi agraciado pela Coventry University de New York com o título honorário de “Doutor”. A homenagem faz jus às contribuições do músico ao Heavy Metal, um dos estilos que ajudou a fundar e às sua composições em geral, admiradas em todo o mundo. Logo após a cerimônia, Iommi teve que sair correndo para pegar um vôo para Helsink, Finlândia, onde o Black Sabbath iria se apresentar naquela noite como parte de sua tour “13”. Aliás, em entrevista recente, Tony disse que não acha que o Sabbath lançará um sucessor para o álbum nem tão cedo, porque segundo ele, o disco foi muito bem aceito e uma continuação imediata não faria jus à esse sucesso. Mas deixou claro que está ansioso para compor e gravar novas músicas, o que deverá acontecer em breve em algum novo projeto que o guitarrista se envolva.

Abaixo um trecho da cerimônia de doutorado de Tony Iommi.

Image

O termo backmasking é usado para descrever faixas de músicas que quando tocadas ao contrário revelam supostas mensagens subliminares, será? Uma das mais famosas é “Stairway To Heaven” do Led Zeppelin. O artista holandês Jeroen Offerman resolveu ir fundo nisso e gravou uma versão da canção com ele mesmo cantando(sofrível) e em seguida a mesma ao contrário.Comparem abaixo as duas versões de Offerman e em seguida assistam à matéria do Rock Company com Ismael Carvalho e Gustavo Valladares conversando sobre o assunto.

Image

Na mesma semana do falecimento de Lou Reed, mais um nome do Rock vem a falecer, dessa vez foi o guitarrista e vocalista britânico Pete Haycock que fundou e integrou a Climax Blues Band até 1984..

The Climax Chicago Blues Band, nome original do grupo, era composta por Haycock ( guitarra), Derek Holt (piano/guitarra), Colin Cooper (vocal/harmonica), Richard Jones (baixo) e George Newsome (bateria). Tiveram um hit no Top 10 de 1976 com a canção “Couldn’t Get it Right“, cuja performance pode ser assistida abaixo. Haycock deixou a banda em 1984 e se mudou para a Alemanha, onde iniciou uma carreira como compositor de músicas para filmes. Ele continuou tocando com sua própria banda solo, Pete Haycock’s True Blues e chegou a participar de uma das formações da ELO (Electric Light Orchestra).

Esse ano Haycock formou uma nova banda, Pete Haycock’s Climax Blues Band featuring Robin George. No entanto, devido às suas condições de saúde, o projeto não avançou muito e infelizmente o músico veio a falecer dia 30 de outubro vítima de ataque cardíaco.

Imagem

As bandas Terceiro Lado e Ismael Carvalho & Friends se apresentaram no último domingo, 20 de outubro, no Girassol Music Bar em Nova Friburgo, RJ, no evento Classic Rock Guitar Night, produzido pelo músico Bruno Eller, guitarrista da banda de Thrash, Dominattion. O evento começou por volta de 19h com abertura do Terceiro Lado, banda de Hard Rock da cidade de Niterói, RJ, que mesclou músicas autorais com covers de Dokken, Kiss, Lynch mob, Van Halen e Ozzy Osbourne agradando bastante ao público presente. Após um breve intervalo, foi a vez do guitarrista Ismael Carvalho subir ao palco. Conhecido do público pelo seu trabalho de Blues que desenvolve desde 1998, dessa vez Ismael reuniu um grupo de amigos e fez um set calcado no Classic Rock. Acompanhado inicialmente pou um trio com Eloisio Michalski no baixo e Yann Stanizio na batera, a primeira parte do show do guitarrista foi com músicas de Jimi Hendrix. Em seguida subiu ao palco o veterano vocalista Max Klein e a partir daí rolou Whitesnake, Black Sabbath, Deep Purple, Kiss e uma versão de “Crazy Train” de Ozzy Osbourne, que contou com Nicolas Carvalho, guitarrista de 17 anos, filho de Ismael, assumindo a guitarra e fazendo sua estréia pela primeira vez num palco.

Outros convidados vieram, como a vocalista Caru de Souza, da banda Gnose, o guitarrista Jeziel de Oliveira, também do Gnose e ex-integrante da banda carioca de thrash Taurus, Marcos Paulo Jr., baixista da banda de Blues de Ismael Carvalho e no final uma jam de “Purple Haze” com Bruno Eller.

Abaixo podem ser conferidos videos do Terceiro Lado tocando “Kiss Of Death” e “Creatures Of The NIght” e alguns highlights da apresentação de Ismael Carvalho & Friends, agradecimentos especiais à Patricia Fagundes do Rock Company TV pelas imagens..

Imagem

A super banda Winery Dogs composta por Billy Sheehan, Richie Kotzen e Mike Portnoy lançou nessa quarta, 2 de outubro, seu novo video para a faixa “Time Machine”, presente no álbum de estréia da banda. O video intercala momentos do grupo tocando num estúdio com imagens gravadas ao vivo em sua recente passagem pelo Japão, que aliás vai virar DVD/Blue Ray brevemente.

 

 

As bandas Gnose, de Nova Friburgo e Paperhead, do Rio de Janeiro, se apresentam nesse domingo, 15 de setembro, no Girassol Music Bar em Friburgo.

O Gnose, banda de Classic Rock,  já está na ativa há alguns anos e conta com Jeziel de Oliveira (ex-Taurus) na guitarra, Caru de Souza nos vocais, Vitor Cortines (Fireraiser, Rock N Roll Gang) na bateria e estreando na banda, o baixista Eloísio Michalsky (Jack The Killer).  Além dos clássicos do Rock e as músicas autorais que sempre tocam em suas apresentações, a banda promete algumas surpresas nesse show de estréia da nova formação.

A abertura ficará por conta da banda carioca Paperhead que conta com Gui Batista nos vocais, Chris Peters ( Vegas Paradise) na guitarra, Breno Braga no baixo e Andi Correa na bateria. O Paperhead faz um som influenciado por Alice in chains, Pearl Jam, Pantera, Led Zeppelin, AC/DC, Motorhead, Metallica, Aerosmith, Kiss e Silverchair, e acaba de lançar um EP ” The Highway”, com 3 músicas próprias que pode ser conferido através do Soundcloud.

Imagem

Imagem

Imagem

Um novo documentário de cerca de 2 horas de duração trará imagens inéditas da última apresentação de Hendrix, doze dias antes de sua morte, além de videos caseiros feitos pelo próprio músico. Hear My Train A Comin’ será lançado em novembro como parte das celebrações do que seria seu 70° aniversário se ele estivesse vivo. O filme também apresenta material recém descoberto de sua performance no Miami Pop Festival in 1968. A irmã de Jimi,  Janie, disse: – “Hear my Train a Comin‘ é uma visão detalhada da vida e do legado de Jimi em suas próprias palavras, bem como depoimentos e lembranças de pessoas que o conheceram bem e eram próximas à ele. Sua visão do mundo através da sua genialidade, música e talento continuam a tocar magicamente as vidas de pessoas de várias gerações.”

Entre os entrevistados, depoimentos de Paul McCartney, Noel Redding, Mitch Mitchell, Billy Cox, Steve Winwood, Vernon Reid, Billy Gibbons e Dweezil Zappa.

O DVD Hear My Train A Comin’ e o CD Jimi Hendrix Experience: Miami Pop Festival serão lançados nos EUA no dia 4 de novembro. O músico completaria 70 anos de idade no dia 27 de novembro.

Imagem

                                                                  Pintura feita pelo artista Theo Reijnders

 

 

“Shout!” é o primeiro álbum do Gov’t Mule em 4 anos e contém 11 faixas gravadas pela banda em Los Angeles e Stamford, Connecticut, além de um CD bônus com vários artistas convidados interpretando essas mesmas canções. Os convidados são Elvis Costello, Dr. John, Ben Harper, Toots Hibbert, Glenn Hughes, Jim James, MylesKennedy, Dave Matthews, Grace Porter, Ty Taylor e Steve Winwood.   

O álbum duplo, primeiro pelo novo selo da banda, Blue Note Records, será lançado no próximo 24 de setembro e já pode ser encomendado em pré-venda através da  mule.net e Amazon.

Gov’t Mule  inicia hoje, 5 de setembro, sua tour norte-americana. Um video-trailer de “Shout!”, pode ser assistido abaixo.

Imagem

Imagem

O vocalista do Nazareth, Dan McCafferty anunciou sua decisão de deixar a banda devido à suas atuais condições de saúde, fato que forçou o cancelamento de algumas datas da atual tour da banda, como foi noticiado aqui antes.

O veterano vocalista sofreu um colapso no palco numa apresentação na Suiça nesse final de semana passado, surgindo rumores de que Dan teria tido um derrame, e no mês anterior chegou a desmaiar em pleno palco no Canadá. Esses acontecimentos levaram a banda a cancelar suas futuras apresentações já marcadas.

Dan disse que não sofreu nehum derrame, mas admite que por estar com um problema pulmonar, terá que encerrar sua carreira de 45 anos como vocalista.

McCafferty contou à revista Classic Rock: “Eu não sofri um derrame. Isso não é verdade – graças à Deus. E também não estou hospitalizado na Suiça como divulgaram. Eu não sei de onde vieram essas informações.

“Eu tenho uma doença crônica que obstrui meus pulmões e a cada ano isso se torna pior. É algo que você não sabe quando vai te atacar, mas de repente você fica sem poder respirar.

“Eu estava no palco do Summerfest na Suiça pensando, ‘Isso é ótimo – nosso primeiro festival em meses e está fazendo um dia adorável.’ As coisas não poderiam estar mais perfeitas para nós.”

Três músicas depois ele sofreu o ataque da doença, deixando-o sem respirar e impossibilitado de continuar com a apresentação. Esse fato o fez pensar imediatamente em deixar a banda e encerrar sua carreira.

“Quando saí do palco eu disse aos rapazes: “Não posso continuar fazendo isso à banda.’ Não posso embaraçar os rapazes e nossos fãs. Se você não pode realizar o trabalho então nem deveria estar lá – O Nazareth é uma banda muito grande e conhecida para passar por isso.”

A decisão de McCafferty surgiu durante a pausa que a banda deu após seu colapso no Canadá, que foi causado por uma úlcera no estômago. “Eu pensei que iria ficar bem,” ele diz, “Mas você perde muito sangue quando isso acontece.”

Ele admite que ele e os companheiros de banda estão “um pouquinho emocionais” e ainda não decidiram nada oficialmente, o que será divulgado depois, mas Dan diz: “A música que fizemos através de todos esses anos é mais importante do que qualquer membro da banda. Sempre nos sentimos assim em relação à isso, e eu não vejo razão em mudar isso só porque eu saí.

“Eu realmente espero que eles encontrem alguém. Tenho certeza de que irão encontrar.”

Nazareth recentemente concluiu as gravações de seu 24º álbum, ainda sem título. “Ir ao estúdio e cantar não é como num show,” diz McCafferty. “Sempre posso gravar um disco, mas subir num palco e se apresentar durante uma hora e meia, com pessoas pagando para me ver cantar – Não posso fazer isso.”

Ele diz que vai dar um tempo e repensar seu futuro, mas que um álbum solo pode ser uma possibilidade. E sobre a chance dele fazer uma apresentação de despedida com a banda, ele brinca: “Teria que ser assim, ‘Eu canto por dez minutos, todos vão tomar uma cerveja, daí eu canto por mais dez minutos.’ Eu não sei se isso iria funcionar!”

McCafferty conclui: “Quero que todos saibam o quanto sou agradecido pelo todo o apoio que  nos deram durante todos esses anos.”

O Nazareth foi formado em Fife, Escócia em 1968, e McCafferty e o baixista PLockete Agnew são os únicos membros a participarem de todas as formações até agora. Outros membros que passaram pelo grupo foram Manny Charlton, John Loke, Zal Cleminson e o apresentador do TeamRock Radio Blues Magazine,  Billy Rankin. A última formação da banda com McCafferty está junta desde 2002, com o guitarrista Jimmy Murrison e o filho de Agnew, Lee, na bateria.

Imagem

O Nazareth foi forçado a cancelar mais algumas datas de shows após novo colapso do vocalista Dan McCafferty pela segunda vez em um mês.

A veterana banda escocesa – que adiou uma série de shows no Reino Unido no início do ano após McCafferty contrair um vírus – foi obrigada a cancelar a tour canadense que vinha fazendo em julho devido ao desmaio do vocalista em pleno palco, e no sábado, o seu set no festival Summerdays na Suíça foi interrompida, com testemunhas dizendo que o cantor se queixou de falta de ar e mais tarde foi levado para o hospital, segundo um jornal local.

Como resultado, o concerto da banda como Headliner em Vosterfeesten na Bélgica, no domingo foi cancelado, juntamente com shows na Alemanha e na Suécia. O promotor do Vosterfeesten, Xavier Weijtens, disse: “Dan McCafferty está internado num hospital na Suiça depois de ter sofrido um acidente vascular cerebral. O segundo em um curto espaço de tempo, nós não temos tempo para encontrar uma alternativa para substituir o Nazareth, então os outros grupos vão ter que tocar por mais tempo hoje. “

O baixista Pete Agnew semana passada lembrou o momento em que seu colega de banda caiu no Canadá. Ele disse ao Edinburgh News : “Dan entrou no palco, mas ele não conseguia respirar. Eu gritei, ‘Você está bem?’ Mas ele olhou para mim e disse algo como: ‘Claro que não! “

“Isso o afetou muito. Decidimos que era loucura tentar continuar e achamos melhor dar uma pausa…mas Dan está bem “

A banda negou rumores de que estariam se separando e estão gravando o seu 24° álbum de estúdio, ainda sem nome definido.

Imagem