Arquivo da categoria ‘Hard Rock’

O Video da Semana de hoje é a música “No More Hell To Pay”, da banda americana Stryper, novo single extraído do álbum de mesmo nome, o oitavo da banda, lançado pela Frontiers Records neste mês de novembro.

STRYPER:

Michael Sweet- Voz, guitarra
Oz Fox- Guitarra
Tim Gaines- Baixo
Robert Sweet- Bateria

Imagem

Anúncios

As bandas Terceiro Lado e Ismael Carvalho & Friends se apresentaram no último domingo, 20 de outubro, no Girassol Music Bar em Nova Friburgo, RJ, no evento Classic Rock Guitar Night, produzido pelo músico Bruno Eller, guitarrista da banda de Thrash, Dominattion. O evento começou por volta de 19h com abertura do Terceiro Lado, banda de Hard Rock da cidade de Niterói, RJ, que mesclou músicas autorais com covers de Dokken, Kiss, Lynch mob, Van Halen e Ozzy Osbourne agradando bastante ao público presente. Após um breve intervalo, foi a vez do guitarrista Ismael Carvalho subir ao palco. Conhecido do público pelo seu trabalho de Blues que desenvolve desde 1998, dessa vez Ismael reuniu um grupo de amigos e fez um set calcado no Classic Rock. Acompanhado inicialmente pou um trio com Eloisio Michalski no baixo e Yann Stanizio na batera, a primeira parte do show do guitarrista foi com músicas de Jimi Hendrix. Em seguida subiu ao palco o veterano vocalista Max Klein e a partir daí rolou Whitesnake, Black Sabbath, Deep Purple, Kiss e uma versão de “Crazy Train” de Ozzy Osbourne, que contou com Nicolas Carvalho, guitarrista de 17 anos, filho de Ismael, assumindo a guitarra e fazendo sua estréia pela primeira vez num palco.

Outros convidados vieram, como a vocalista Caru de Souza, da banda Gnose, o guitarrista Jeziel de Oliveira, também do Gnose e ex-integrante da banda carioca de thrash Taurus, Marcos Paulo Jr., baixista da banda de Blues de Ismael Carvalho e no final uma jam de “Purple Haze” com Bruno Eller.

Abaixo podem ser conferidos videos do Terceiro Lado tocando “Kiss Of Death” e “Creatures Of The NIght” e alguns highlights da apresentação de Ismael Carvalho & Friends, agradecimentos especiais à Patricia Fagundes do Rock Company TV pelas imagens..

Imagem

E o Video da Semana faz seu retorno às terças-feiras aqui no blog. Essa semana o destaque é a banda Arc Angel, um projeto do veterano artista de AOR, Jeff Cannata, que retorna através do selo Frontiers Records com o lançamento do álbum “Harlequins Of Light”. O primeiro registro do Arc Angel foi em 1982, e foi muito bem recebido pelos fãs de AOR, mas em 1988 Jeff decidiu seguir carreira solo. Ano passado através de um acordo com a Frontiers, Cannata pôde reviver o Arc Angel nesse novo álbum que é muito legal. No video para a canção homonima do álbum temos a presença do ótimo guitarrista Jimi Bell, que é integrante da banda House Of Lords, também do cast da Frontiers.

Participam do álbum:
Jeff Cannata-Vocais, bateria, baixo, teclados e guitarra
Jeff Batter- Piano, Synths
Jay Rowe- Orgão, Synths
Scott Spray- Baixo
David Coe- Violões
Jimi Bell, Gary Maus, Andy Abel, Tony Spada, Mark Proto, Jay Jesse Johnson- Guitarra solo
Pete Hodson-Background Vocals, Synth

O álbum foi produzido por Jeff Cannata
http://www.cannatamusic.com

Imagem

As bandas Gnose, de Nova Friburgo e Paperhead, do Rio de Janeiro, se apresentam nesse domingo, 15 de setembro, no Girassol Music Bar em Friburgo.

O Gnose, banda de Classic Rock,  já está na ativa há alguns anos e conta com Jeziel de Oliveira (ex-Taurus) na guitarra, Caru de Souza nos vocais, Vitor Cortines (Fireraiser, Rock N Roll Gang) na bateria e estreando na banda, o baixista Eloísio Michalsky (Jack The Killer).  Além dos clássicos do Rock e as músicas autorais que sempre tocam em suas apresentações, a banda promete algumas surpresas nesse show de estréia da nova formação.

A abertura ficará por conta da banda carioca Paperhead que conta com Gui Batista nos vocais, Chris Peters ( Vegas Paradise) na guitarra, Breno Braga no baixo e Andi Correa na bateria. O Paperhead faz um som influenciado por Alice in chains, Pearl Jam, Pantera, Led Zeppelin, AC/DC, Motorhead, Metallica, Aerosmith, Kiss e Silverchair, e acaba de lançar um EP ” The Highway”, com 3 músicas próprias que pode ser conferido através do Soundcloud.

Imagem

Imagem

Imagem

O ex-frontman do Van Halen, Sammy Hagar, disse em uma recente entrevista que ele espera que a banda nunca mais o convide para voltar – e acha que eles devem ter o direito de encerrar sua carreira em paz. No passado Sammy disse que se fosse chamado de volta ao grupo, poderia considerar a possibilidade, mas agora não pensa mais nisso, segundo declarou à revista Rolling Stone: “As pessoas sempre me perguntam, ‘E se Eddie te convidasse para voltar?’ Eu espero que ele nunca faça isso, pra mim isso é passado”.

“Tenho orgulho de todo o trabalho que fizemos juntos. Eu não gostaria de denegrir isso novamente, como aconteceu na tour de 2004. Deixe-os terminar o trabalho deles da maneira que quiserem e o que quer que aconteça, será sempre bom.”

Mas o vocalista admite que gostaria de acertar suas diferenças com Eddie e Alex Van Halen. “Eu adoraria ser amigo desses caras novamente. Michael Anthony é um dos meus amigos mais queridos, e não velo porque com Ed e Al também não possa ser assim, em algum momento das nossas vidas. Mas até lá está tudo bem.”

Seu novo álbum, Sammy Hagar And Friends, tem vários convidados – mas um nome ele lamenta de não ter participado: James Hetfield, do Metallica, que foi convidado para participar do novo single de Hagar – “Knockdown Dragout”, cujo video pode ser assistido abaixo, e recusou.

“Eu mandei a canção para ele e disse que Kid Rock também participava,” Hagar explica, “E ele me retornou dizendo, ‘Eu estou honrado que você queira minha voz com sotaque de marinheiro em seu disco. Mas não é meu estilo.’ Eu disse, ‘Tá okay; Eu ainda te amo, James.’”

Na verdade, Hagar diz ter grande respeito pelas habilidades de Hetfield como frontman. “Ele é realmente poderoso e não vacila. Ele não fica falando besteira para se tornar um bom frontman, como eu faço. Eu costumo usar frases estúpidas nos shows como, ‘Já estamos nos divertindo?’ só pra ver a reação da platéia.

“Eu sei como dizer a coisa certa antes de terminar uma música, então quando a banda termina a canção ouve-se aquela saudação gigantesca por causa de algo que eu disse, e parece que eles amaram a música. Eu sou veterano e conheço todos aqueles pequenos truques velhos. James nem sequer usa essa merda e ainda tem carisma até a bunda. Ele é muito forte, cara. “

Hagar admite que fez mais dinheiro do que ele jamais poderia precisar, quando vendeu o seu negócio de tequila, e isso significa que ele está livre para fazer o que quiser com a sua carreira musical. Mas isso não o impede de se sentir ressentido com algumas coisas. Um exemplo é a forma como o supergrupo Chickenfoot – com Joe Satriani, o baterista do Red Hot Chili Peppers, Chad Smith, e seu ex-colega no Van Halen, Michael Anthony – não serem chamados para tocar nos grandes festivais. Ele também acredita que o cantor do Motley Crue, Vince Neil, utilizou os mesmos conceitos criados por ele em seu bar temático de tequila em Las Vegas, o Vince Neil’s Tres Rios Cantina. Quando ainda integrava o Van Halen, Hagar criou a Cabo Wabo Cantina, especializado em tequila e que mais tarde originou a marca de bebida de mesmo nome (negócio milionário que Hagar se desfez recentemente). Segundo ele, Vince nem sequer deu algum crédito à ele por isso, o que o chateou bastante.

Mas ele admite: “Minha esposa sempre me diz para calar a boca quando eu começo a reclamar sobre alguém que não menciona meu nome em algum desses artigos de bebidas. Ela continua: “Cale a boca. Você vendeu essa porra porque quis. Você estava em primeiro lugar. Você tem mais dinheiro do que você jamais poderia gastar. Qual é o seu problema? “

“Eu não sei. Eu só quero respeito. “

Imagem

O Video da Semana traz nesta terça, a banda Halestorm, com a balada “Here’s To Us”. O Halestorm, que esteve se apresentando recentemente no Brasil numa tour conjunta com o Adrenaline Mob, é uma banda americana, da cidade de York na Pensilvânia, composta pela bela vocalista e guitarrista Lizzy  Hale, seu irmão, Arejay Hale na bateria, Joe Hottinger na guitarra e Josh Smith no baixo. A banda foi formada por Lizzy e Arejay  em 1997, quando os dois tinham 13 e 10 anos respectivamente e desde 2004 permanece com a atual formação.

Em 2005 assinaram um contrato com a Atlantic Records, lançando então seu primeiro EP, denominado “One And Done”. Em 28 de abril de 2009 seu CD auto-intitulado Halestorm foi lançado, obtendo grande sucesso. Desde então, a banda passou a acompanhar, por todo o mundo, grandes bandas em várias turnês, assim tornando-se cada vez mais popular.

A banda venceu a 55º edição do Grammy, na categoria Melhor Performance de Hard Rock/Metal com a música “Love Bites (So Do I)”, em 2013, e também participaram da premiação da Revolver Golden Gods Awards 2013, disputando nas categorias de: Melhor Baterista – Arejay Hale (ganhou), Melhor Vocalista – Lzzy Hale (indicação), Música do Ano – “Love Bites (So Do I)” (indicação) e Álbum do Ano – “The Strange Case Of…” (indicação). Recentemente,  lançaram o seu mais novo single intitulado: “I’m Going To Suck Your Dick”. Na canção, constituída exclusivamente de percussão e guitarra, a vocalista Lzzy Hale mostra o seu posicionamento quanto às questões políticas atuais.

Imagem

 

O Rock Company Websode esteve conferindo a apresentação das bandas VIRGIN KILLER e JACK THE KILLER, esta última fazendo sua estréia.O evento aconteceu em Nova Friburgo, RJ, no Girassol Music Bar e foi um sucesso de público. A banda VIRGIN KILLER, que anteriormente era uma banda tributo ao SCORPIONS, mas que atualmente expandiu seu repertório tocando diversos clássicos do Heavy Metal, abriu o show fazendo um set muito legal com destaque para a cover de “Maniac”, na versão do FIREWIND que agitou bastante a galera presente.

Os guitarristas Leo Darkenheart e o talentoso Leandro Rain, junto com Wayson no baixo e Carlinhos na batera, mandaram riffs matadores numa apresentação muito legal que infelizmente não contou com a presença do vocalista Herbert Salgado que precisou se ausentar devido a compromissos pessoais. Quem assumiu os vocais nessa apresentação foi o vocalista Jansen da banda LIVING STARZ, que apesar de ter tido a difícil tarefa de substituir Herbert quase que ás vésperas do show, mandou muito bem e agradou ao público presente. Aliás nesse show compareceram diversos músicos da cidade, alguns veteranos como o pessoal da banda PÂNTANO e HOLOCAUSTO (Friburgo) e outros mais jovens, integrantes de bandas novas que atuam na região.
Terminado o show do VIRGIN, foi a vez do JACK THE KILLER subir ao palco com seu auto-intitulado “Vintage Metal”. A banda era aguardada ansiosamente porque seria o retorno aos palcos do guitarrista e vocalista Max Klein, ex-integrante da extinta banda friburguense HOLOCAUSTO, que nos anos 80 era a sensação da cidade e possuía uma enorme legião de fãs. O HOLOCAUSTO, que iniciou suas atividades em 1983 era tão popular na cidade que em diversas ocasiões tinham que fazer 2 shows seguidos no mesmo dia, tamanha era a platéia que lotava suas apresentações. Um outro ponto alto era a presença do falecido baixista Márcio Klein, irmão de Max, que desde muito novo já era um virtuoso das 4 cordas e com sua presença de palco e talento acima da média, sempre agradava muito ao público que comparecia aos shows.
Max Klein acompanhado de Zé Renato Daudt na bateria e Eloísio Michalski no baixo, começou a apresentação de estréia do JACK THE KILLER com a clássica “Turn Up The Night” do BLACK SABBATH da fase Ronnie James Dio. E o que se seguiu depois foi uma sucessão de clássicos do Metal muito bem executados por esse power trio de primeira. UFO, KISS, DEEP PURPLE, IRON MAIDEN e diversas outras bandas foram homenageadas na apresentação do JACK THE KILLER e deixou o público empolgadíssimo e querendo mais ao final da apresentação da banda.
Parabéns para as duas bandas, principalmente a Max Klein, músico extremamente talentoso, dono de um vocal poderoso e uma guitarra afiadíssima também. Seja bem vindo de volta à cena de Heavy Metal, Max!
Parabéns também para o produtor e músico Bruno Eller, que ainda fez uma jam com o JACK na música “Breaking The Law” do JUDAS PRIEST, e aos proprietários do Girassol Music Bar, uma das únicas casas de show da cidade a apostar no Heavy Metal feito por aqui em Nova Friburgo.
Abaixo alguns momentos do Killer’s Night, que foi batizado assim devido às 2 bandas terem a palavra “killer” nos seus nomes, uma ótima sacada. O show também foi gravado para exibição no programa de esportes “MOVE” que vai ao ar pela TV Zoom, canal à cabo da cidade, cujo produtor e diretor é o músico Marcos Paulo, atual baixista da banda de Blues e Classic Rock, ISMAEL CARVALHO BAND.
Outras apresentações no Girassol Music Bar acontecerão nas datas abaixo, quem estiver em Friburgo, não deixe de conferir:

– Domingo 15 de Agosto – O VAZIO e ROCK’N ROLL GANG
– Domingo 14 de setembro – GNOSE e PRIMÍCIA
Domingo 20 de outubro – ISMAEL CARVALHO BAND e TERCEIRO LADO

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Fotos do Canal MOVE http://www.movecanal.com.br