Arquivo da categoria ‘Quadrinhos’

                                                                                                                                                                          por Gustavo Valladares

Imagem

Em meio às comemorações de mais um Dia da Independência, o power trio carioca Possessonica promoveu o lançamento, em pleno sete de setembro de 2013, através do YouTube, do clipe de “A Forra”, uma faixa inteiramente inédita, e dedicada a um personagem de história em quadrinhos que tem dado o que falar, nos últimos tempos: O Doutrinador, de autoria do quadrinista e designer Luciano Cunha, do Rio de Janeiro.
Ter sido o criador do único personagem de quadrinhos que ganhou uma música própria, cantada em português, por uma banda brasileira, é motivo de muito orgulho para Luciano, com quem tivemos recentemente a oportunidade de trocar algumas palavras: “É realmente um orgulho muito grande, principalmente porque a Possessonica é uma grande banda de metal nacional, que consegue compor em nosso idioma, e sempre com uma qualidade que considero absurda.  Obviamente, não faria nenhum sentido uma letra de música em inglês, por exemplo, para um personagem tão genuinamente brasileiro quando O Doutrinador”.
Um Stoner Rock poderoso, cantado em português, é mesmo a marca registrada da Possessonica, que surgiu no cenário de Rock’n’Roll do Brasil no ano 2000.

Imagem

          
“Conheço o trabalho do Bebeto já há muito tempo, sempre o admirei”, complementa Luciano.  “Na minha opinião ele é o melhor guitarrista de Rock pesado do Rio de Janeiro, não só por ser talentoso, mas principalmente por ser um músico extremamente versátil.  E pouca gente sabe, mas ele também desenha, e é um bom designer”.
“Quando voltei a produzir O Doutrinador, há alguns meses, e iniciei as postagens nas redes sociais, o Bebeto, que eu já conhecia de longa data, acompanhava todo o trabalho, e passou a curtir muito o personagem.  Por isso, por conta de nossas afinidades, tanto na área musical (já que também sou fã de Rock e Heavy Metal) quanto na de designer,  sempre trocamos muitas ideias.  Até que, num belo dia, surgiu o papo de fazermos uma música para o personagem, e daí então foi um pulo: ele já tinha o riff, e uma letra que estava praticamente pronta, fizemos algumas poucas alterações e… pronto, ‘A Forra’ havia nascido”.

Imagem

O PERSONAGEM CERTO, NA HORA CERTA

Sensação nas redes sociais da internet nesses tempos de protestos populares, espalhados pelas ruas de todo o Brasil, O Doutrinador, na verdade, permaneceu engavetado por longos cinco anos, conforme nos relata Luciano: “Eu já tinha um projeto para uma graphic novel envolvendo o personagem, e cheguei a enviar os originais para algumas editoras brasileiras, que produzem quadrinhos.  Recebia como resposta, invariavelmente, que haviam gostado do material, mas que os seus departamentos jurídicos, digamos assim, não ‘aconselhariam’ a publicação. O Doutrinador é um justiceiro, um tipo de anti-herói, com a missão de aniquilar tanto corruptos quanto corruptores, e claro que o medo de sofrerem processos, ou algo assim, ocorria por conta do teor político muito forte, que está sempre presente na trama”.

E foi assim, engavetado e esquecido, que o personagem permaneceu, até que o autor resolvesse, alguns meses atrás, publicar algumas poucas páginas, em seu perfil no Facebook, inicialmente sem qualquer pretensão maior.  Com a explosão das manifestações, no entanto, que tiveram o seu auge durante a disputa da Copa das Confederações, no mês de junho passado, tendo como sedes várias capitais espalhadas pelo território nacional, O Doutrinador foi colecionando, a cada postagem feita por Luciano na página do personagem no Facebook, milhares de curtidas e de compartilhamentos, e instantaneamente transformou-se numa espécie de ícone popular.  Hoje, já possui perto de 30.000 seguidores, e o número segue subindo a cada dia, a cada clique.

Imagem

O Doutrinador tem como marca registrada uma máscara de gás de fabricação russa, dos anos 60.  A aparência assustadora ganha ainda mais relevo em razão de um capuz escuro, junto a calças na cor vermelha e botinas de estilo militar.  Complementando o visual com toque de mestre, o personagem usa sempre, também, uma camiseta preta, com um desenho clássico do Motörhead.  A escolha da banda de Lemmy Kilmister não é mera coincidência: não bastasse ser o Motörhead “uma das minhas bandas favoritas de todos os tempos”, conforme nos assegura Luciano, na verdade sua ligação com o Rock inclui, ainda, ter sido o proprietário de uma grife de camisetas, que hoje já não existe, a lendária Rockalize T-Shirts.

Imagem

Com todo esse sucesso, O Doutrinador brevemente irá ganhar uma edição impressa de suas aventuras, editada pela CAPA Comics, além de tornar-se uma Websérie, como nos confirma Luciano: “Vai ter muita ação e, podem apostar, muito peso na trilha sonora, que será toda composta por Bebeto DarOZ e a banda Possessonica”. Abaixo assista o video de “A Forra” com o Possessonica, assinado por  Flip MRA, diretor pernambucano radicado no Rio de Janeiro.

Anúncios

Paulo Langer do Quadrinhólatras, seguimento sobre quadrinhos do ROCK COMPANY WEBSODE, bate um papo com Gustavo Valladares sobre restauração de quadrinhos antigos.

Imagem

O documentário HQS DOC, um curta-metragem idealizado pelo jornalista e entusiasta de quadrinhos Felipe Ferreira, pode ser assistido abaixo.Inicialmente com o propósito de ser uma monografia e agora disponibilizado na internet, o filme conta ao longo de seus 19 minutos de duração, o início dos quadrinhos, a explosão do fenômeno dos super-heróis nos Estados Unidos, a produção nacional, a entrada de artistas brasileiros no mercado norte-americano e as recentes adaptações desses personagens para o cinema.
Com participação dos escritores Carlos Patati, Flávio Braga e Arnaldo Branco, HQS DOC deve ser assistido por todos os apreciadores de quadrinhos e fãs de Super-Heróis .